Fatinha

Toda Errada

In humor on 19/12/2022 at 8:19 AM

Querido Brógui,

Eu tenho uma teoria. Aliás, eu tenho várias teorias, essa é apenas mais uma delas.

A pessoa certinha, que faz tudo nos conformes, que não dá golpinho, que vai na loja devolver o produto que veio a mais na sacola, essa pessoa não pode fazer xixi fora do caco – essa expressão aprendi com minha Mãe. O dia que fizer isso, vai dar merda.

Quem vive fazendo trampolinagem, não tá nem aí pra nada, completamente irresponsável, inconsequente, amoral, habita um limbo protegido de quaisquer azares.

Este Brógui que aqui escreve, faz parte da primeira categoria.

Há dois finais de semana, indo ver um show, já a caminho, a lembrança caiu como um raio em minha cabeça. Caraio! Tô sem carteira de motorista e sem documento do carro. Não, não vou voltar em casa, vai demorar e nunca fui parada em blitz. Não vai ser justamente hoje que isso vai acontecer. Aconteceu.

Sabe quantas vezes eu saí de casa sem estes documentos? Nunca.

Se eu fosse instada a citar duas leis que funcionam, eu citaria a Lei da Gravidade, aquela que faz com que as pelancas despenquem em direção ao chão quando a gente envelhece e a Lei de Murphy, que diz que se alguma coisa pode dar errado, dará.

O que aconteceu no sábado? Fui parada na blitz. Lei Seca. Murphy se materializou ao meu lado, deu um sorriso sardônico e ainda piscou o olho para mim.

Abri o vidro, já com a culpa estampada na minha testa. Não que eu tivesse bebido, vocês sabem que não gosto de álcool – só para desinfetar, assim falou Jorge Ben Jor. A primeira coisa que o cara falou foi: sua habilitação e o documento do veículo, senhora. Não trouxe, respondi com cara de cu. A senhora pode me acompanhar?

Desci do carro, de chinelinho – sim, eu havia tirado o tênis e estava dirigindo de chinelinho, o que também é proibido e coisa que nunca faço, mas meus dedinhos imploraram por libertação após duas horas e meia dançando.

A senhora pode me informar o seu CPF? Eu faço a pesquisa aqui. Mais um Gente Boa no meu caminho. Ignorou meu chinelinho, fez vista grossa para o fato de eu estar dirigindo de madrugada sem documentação. O foco dele era saber se eu havia bebido.

Informei meu CPF, fiquei aguardando, uma moça chamou meu nome e eu, humildemente, levantei a mão. A senhora sabe que sua CNH está vencida? Balancei a cabeça, nem consegui emitir um som, só abri a boca em “O”. Venceu no dia 05, a senhora tem trinta dias para renovar. Ufa! Meno male.

Fiz o teste do bafômetro, que deve ter acusado níveis intoleráveis de Coca-Cola, fui liberada.

A Toda Errada aprendeu a lição. Nunca mais saia de casa sem CNH, sem registro do veículo, de chinelinho. Deixe de preguiça e baixe todos os documentos no celular. Não leve Murphy para passear.

Bem… passada mais de uma semana, finalmente hoje consegui agendar no Detran a bendita da renovação. Estava tentando durante todo esse tempo, mas “devido ao grande número de acessos, o sistema estava intermitente”. Não sei por que cargas d’água levantei cedo e fiz mais uma tentativa, que foi exitosa. UHUUUU! Murphy deu mole.

Publicidade

O que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: