Fatinha

Archive for janeiro \26\UTC 2013|Monthly archive page

Função Masseterina

In humor on 26/01/2013 at 11:09 PM

Querido Brógui,

Tanto a contar, tão pouco tempo pra escrever… Ando trabalhando muito, graças a Deus. Meu novo emprego tem me sugado muito, graças a Deus. Estou feliz, embora um tantinho agoniada. Meu perfil neurótico-obstinado-perfeccionista-ansioso está latente – pelo menos é o que diz meu músculo masseter.

Hein?

Músculo masseter, Brógui. É um músculo de grande espessura, quadrilátero, que se estende do arco zigomático à face lateral do ramo da mandíbula. Entendeu? Ainda não? O osso zigomático é um osso da face situado acima e lateralmente na face, conhecido como osso da bochecha ou osso malar. Melhorou bastante, não?

Então… Aprendi eu essa semana, com a minha dentista, que minha função masseterina é muito forte. Achei isso lindo! Nada de dizer que tenho bruxismo ou que trinco os dentes. A partir de hoje a culpa é da função masseterina. Fica mais chique e ninguém vai me mandar tomar ansiolíticos. No consultório da orto ouvi uma estranha conversa entre ela e a outra dentista acerca dos meus sofridos e dentinhos molares (dentinhos, sim. São pequeninos, de tão desgastados).

Aconteceu uma conferência via telefone entre as duas profissionais que cuidam da minha saúde bucal. Uma tenta conter o masseter rebelde, fora de controle. A outra, tenta salvar meus dentes da destruição. Elas combinaram que, enquanto Tininha continuará empenhada em botar um freio na contratura muscular e acertar o posicionamento de alguns dentes, Denise aumentará a dimensão vertical dos pré-molares pra trás.

Hein?

Complicou de novo, né? É assim: o uso do aparelho ortodôntico serve também para diminuir a pressão dos dentes inferiores sobre os superiores e vice-versa. Assim evita que eu fique com (muita) dor no maxilar e nos dentes. Mas, meu hipertrofiado masseter não é assim tão fácil de lidar. Eu vivo quebrando pontinhas dos dentes, restaurando, quebrando as restaurações (acabei, por fim, quebrando o próprio aparelho). O aumento da dimensão vertical significa que sofrerei uma reforma dentária nos meus molares, que ganharão alguns milímetros perdidos em combate. Nessa reforma, o piso (molares inferiores) subirá 2 mm enquanto o teto (molares superiores) será rebaixado 2 mm.

É. Muito complexo! Depois de ler isso tudo o que escrevi, acabei de concluir que mais fácil mesmo é tomar um ansiolítico.

PS: esse post é dedicado à Dra. Athiná e à Dra. Denise, excelentes profissionais e ainda por cima gente boa pra caramba!

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: