Fatinha

Archive for agosto \01\UTC 2017|Monthly archive page

Programa cachorro é legal

In humor on 01/08/2017 at 3:54 PM

Querido Brógui,

Programa cachorro pode ser um programa legal. Ou um programa legal pode se tornar um programa cachorro. Depende da sua disponibilidade, depende de com quem anda.

Sabe quando um programa todo planejado não sai como todo planejado? Você pode escolher entre cortar os pulsos ou se divertir. Simples assim. Imagine: você colocou aquela sandália ma-ra-vi-lho-sa, mas que morde seu pé. Pensou, bobinha, que ia ficar tranquilamente sentada a noite toda, fazendo pose. Então, o cidadão a convida, todo animado, para uma caminhada na orla. E aí? Vai dar um soco nele? Claro que não. Você sorri o seu melhor sorriso, oferece seu sacrifício pela paz no mundo e vai. Dá a mão pra ele, foca na conversa, na paisagem, no quem sabe beijo na boca. Abstrai o fato de que amanhã a sola do seu pé vai estar em carne viva. Esquece que aquele vestido vai ficar arruinado porque sentou num banco podre de sujo na beira da praia. No final, tudo correrá bem e você ainda descobrirá que o bofe é um cavalheiro e que não permitirá que você se esborrache nas malditas pedrinhas portuguesas.

Já se despencou pro fim do mundo pra ir a uma festa junina e chegou lá não tinha festa junina alguma? Fazer o quê? Emburrar? Esmurrar? Nada disso. A solução é rir do desavisado que lhe meteu nesta roubada. Rir junto com o desavisado. Mude de planos. Sente para jantar naquele restaurante que ele jura que é ótimo. A comida é uma merda? Ria da péssima escolha, fale mal do restaurante, do cozinheiro, da mãe do cozinheiro, dos transeuntes, da música insuportável muitos decibéis acima dos aceitáveis por um ouvido humano, da grana jogada fora. Tope matar a fome comendo um salsichão. Pare em todas as bibocas possíveis e impossíveis e, a cada parada, curta o prazer de descobrir que não há salsichão em lugar algum daquele fim de mundo. Acabe sua noite rindo muito, comendo um sanduíche no MC Donalds que você odeia e agradecendo a Deus porque até no fim do mundo existe um.

Bom, também tem o programa legal que vira programa cachorro e que vira programa legal de novo. Que tal findar uma noite romântica passando mal porque comeu como uma refugiada? Caiu dentro de uma churrascaria como se nunca tivesse visto carne na vida? Comeu uma pururuca sentindo suas artérias entupirem a cada mordida e ao final, sua barriga sarada ficou qual a de uma gestante? Deu refluxo? Tudo bem, ria do fato de sua noite romântica findar com ele dando suaves tapinhas nas suas costas como se você fosse um bebê entalado ou recostada porque se deitar vai morrer sufocada. Solte boas gargalhadas que só farão seu mal estar aumentar e registre a história pra rir de novo várias vezes, só de lembrar do mico.

Conseguiu captar? Percebeu que sentar num banco da pracinha dividindo uma latinha de refrigerante pode ser legal? Fila de banco, mercado? Agora, se a companhia não for legal, já era. Programa cachorro será sempre cachorro assim como programa legal também será sempre cachorro.

 

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: