Fatinha

Archive for maio \25\UTC 2008|Monthly archive page

Tô de dieta

In Sem categoria on 25/05/2008 at 5:22 PM

Querido Brógui

Estou de dieta. Tentando perder uns quilinhos indesejados que, além de me deixarem deprimida, arrasada e com a auto-estima lá no pé, me impossibilitam de usar aquela calça jeans que, a duras penas, consegui comprar no ano passado. Como estamos em época de vacas magras (ou seriam vacas gordas?) e como eu me recuso a comprar uma calça tamanho 44, minha meta é perder cinco quilos (engordei só três depois da cirurgia, mas quero dar uma folga para eventuais e muito prováveis recaídas de comilança).
Minha dieta é muito simples: só tomo sopa. No almoço e no jantar. Já que não gosto de legumes, bato tudo no liquidificador e tomo papinha. Meus dentes praticamente perderam a razão de existir. Eles só entram em ação quando na hora do desespero ataco aqueles saudáveis biscoitos do Mundo Verde, que não têm gordura trans, não tem açúcar, não têm corante, acidulante, nem gosto, nem cheiro, não têm nada. Lembra-me biscoito de cachorro – se bem que duvido que a Ala comesse uma coisa tão horrível.
Cortei tudo o que eu gosto de comer, o que é, basicamente, porcaria. Não sou muito chegada a um prato de comida, mas amo pastel, empadinha, batata frita, chocolate, biscoito de pimentinha, todos os alimentos que contenham nada de nutrientes e tudo de engordantes.
Sim, eu vou voltar para a ginástica, ainda não deu, por motivos que vão além da preguiça. Está tudo planejado para o mês de junho. Enquanto isso, passo fome. Quer dizer: mais ou menos, que ninguém é de ferro.
Essa semana dei várias derrapadas. Sabe como é: aniversário, sempre rola uma torta para cantar parabéns. É óbvio que eu não vou gastar meu rico dinheirinho para comprar uma torta maravilhosa de chocolate com recheio de suspiros e morango e ficar babando em cima dela que nem cachorro quando olha para um frango de padaria. Comi. Moderadamente, três fatias.
Dias depois, minha mui amiga Valerinha me presenteou com alguns brigadeiros. Comi. Sem moderação alguma.
Para fechar com chave de ouro a semana heavy metal, fui comer um pastelzinho no bar do Adão. Comi cinco. Com duas Cocas. Light, é claro.
Ainda é domingo, não me pesei de novo para verificar se recuperei o quilinho que já havia perdido, mas provavelmente devo tê-lo novamente incorporado ao meu corpinho de sereia.
Tudo bem. Amanhã eu penso nisso (no melhor estilo Scarlet O’Hara).

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: