Fatinha

Horário de verão

In humor on 22/10/2013 at 12:45 PM

Querido Brógui,

http://1.bp.blogspot.com/_okYQdwGKpvE/TLtCyJfi9qI/AAAAAAAAHE8/9KarepPgBc4/s400/16-ter-kayser-charge.jpg

Como todo mundo (normal), estou com sono. Odeio o horário de verão. Acordar mais cedo, no escuro, sem saber ao certo onde estou e para onde vou, é sofrido. Não adianta dizer que basta dormir uma hora mais cedo, o corpo não entende isso e o máximo que consigo é ficar virando na cama como um bife na chapa. Resultado, ontem e hoje precisei de uma dose cavalar de corretivo para disfarçar a cara de guaxinim. Não fez muito efeito: fiquei parecendo um guaxinim maquiado.

Meu cérebro demora a dar o start. É como computador antigo, que é lento para fazer a inicialização. Ou como televisão à válvula (céus! lá em casa tinha uma televisão preto e branco que precisava esquentar até aparecer a imagem!). Então, pela manhã, apenas alguns aplicativos estão em funcionamento: o do fazer uma caneca de café, o de encontrar o banheiro e o de colocar a roupa já previamente separada. O restante, como o da fala, por exemplo, fica com aquela ampulheta girando e a legenda : aguarde enquanto é feita a atualização dos arquivos e as configurações estão sendo carregadas.

Então, li uma reportagem que dizia que uns cientistas descobriram que dormir serve para o cérebro fazer uma espécie de “faxina” das toxinas deixadas para trás após um dia de “trabalho pesado”, quando se pensa bastante. A “limpeza” seria uma das principais razões para o sono, segundo os pesquisadores.

Com toda a capacidade de reflexão que meu cérebro sujo permite, conclui que:

1. Quem trabalha pesado, tem mais toxinas no cérebro, logo, trabalhar, intoxica;

2. Trabalho pesado é quando se pensa bastante, logo, tem um montão de gente que é completamente desprovido de toxinas no cérebro;

3. Quem não pensa, não se intoxica, não sente sono;

Juntando as três premissas, temos que:

1. Trabalhar e pensar fazem mal à saúde;

2. Desconfie daquele que diz que não sente sono;

3. Um Brógui com sono fala muito mais bobagens do que um Brógui dormido.

 

Anúncios
  1. Fatinha,
    Como sempre, você alegrou meu dia! Amei esse post!!!

    Curtir

  2. O texto (como sempre) ótimo e as conclusões, divinas!!
    Bjos!

    Curtir

  3. Ótimo texto, adorei! Mesmo sendo eu a favor do horário de verão… Na primeira semana há um mau humor compreensível, mas depois acho uma delícia curtir a claridade no fim do dia. Pra mim, o segredo pra quebrar a inimizade com esse fuso horário novo é esquecer completamente o antigo (nada de ficar olhando o relógio e pensando que horas seriam de verdade). É como ficar olhando a foto de um ex, quando a gente termina, não ajuda, não reolve , não traz de volta. Só atrapalha. Bjos!

    Curtir

O que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: