Fatinha

Que peninha…

In humor on 12/07/2010 at 7:30 AM

Querido Brógui,

Estou morrendo de pena da seleção da Holanda. Tri-vice é muito karma… Afora isso, o uniforme laranja deles é super fashion, lindinho mesmo.

Mas, falando sério, olhando o tal do estádio Soccer City, belíssimo, que deve ter custado milhões de dólares (em contraste com a penúria sul-africana), transcrevo pra você um trecho de Les Miserables, de Victor Hugo, datado de meados do século XIX:

“Esse navio, mesmo no péssimo estado em que se encontrava, pois o mar o havia maltratado, causou forte impressão ao entrar no ancoradouro. Levava não se sabe bem que bandeira, que lhe valeu uma salva regulamentar de onze tiros de canhão, aos quais respondeu com outros onze; total: vinte e dois tiros. Calculou-se que, em salvas, cumprimentos reais e militares, trocas de disparos corteses, sinais de etiqueta, formalidades de cais e cidadelas, saudações ao nascer e ao pôr do sol, feitas diariamente por todas as fortalezas e navios de guerra, aberturas e fechamentos de portos, etc., etc., o mundo civilizado gastava com pólvora, por toda a terra, a cada vinte e quatro horas, cento e cinquenta mil tiros inúteis de canhão. A seis francos cada tiro, são novecentos mil francos por dia, trezentos milhões por ano, que se vão em fumaça. Mero detalhe. Enquanto isso, os pobres morrem de fome.”

Dá pra fazer um paralelo, não dá?


Anúncios
  1. Gente, vou adotar a polêmica… Não é meio “Panis et Circenses”? Tb não é necessário? A Copa desse ano conseguiu “popularizar” os ingressos. Deu prá notar que tinha muito Africano no estádio, locais (não sei se teremos a mesma sorte). E, de mais a mais, temos os empregos gerados, a economia que se criou ao redor, o dinheiro que já tinha ido o ano passado prá lá, por conta da tal Copa das Confederações. E o melhor, notícias, em dose cavalar, sobre aquele pedaço do mundo esquecido… Vamos olhar com os olhos de Pollyanna.

    Beijos,

    Kika.

    PS: não é muito mais triste quando a gente percebe quanto de dinheiro é gasto em propaganda política, prá galera vender montes de mentiras?

    Curtir

  2. É amiga, infelizmente, nada muda, apenas mudam-se os dias, anos, décadas, séculos… Procure a Crônica “Balada para não dormir”, de Lourenço Diaféria, 1985. Veja se ela lhe diz alguma coisa… E lá se vão 25 anos, ou seja, 1/4 de século.

    Beijos, demain…

    Curtir

  3. Um só não!
    Vários paralelos!
    Beijão.

    Curtir

O que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: