Fatinha

Archive for 2 de outubro de 2011|Daily archive page

Meu duende inglês

In humor on 02/10/2011 at 6:15 PM

Querido Brógui,

De algumas semanas para cá, passei a acreditar em duendes. Começaram a sumir várias coisinhas miúdas, que eu tinha certeza de ter colocado dentro da minha bolsa, como uma balinha, uma moeda, um batom, uma caneta, um vidrinho de colírio. Por mais que eu procurasse depois, não encontrava de jeito nenhum. Mas eu tinha certeza de ter colocado ali, naquele lugar, naquele instante! Como poderia ser?

É certo que já estou na fase ginko biloba, mas assim já é demais. Acabei por me render às evidências: tinha um duende na minha vida. O mais legal é que ele tinha vindo de Londres e morava na minha bolsa I LOVE LONDON que comprei por lá. Depois dessa constatação, relaxei e tudo o mais que sumia, eu nem procurava mais, devia estar na coleção do meu duende.

E assim foi até que hoje dei falta da chave do carro. Imediatamente tive uma conversa séria com meu duende – em inglês, obviamente – lembrando a ele que tínhamos combinado de ele não pegar nada muito importante. Sim, Brógui, além de falar com você, uma criatura virtual que mora numa nuvem, eu também já estava falando com meu duende born in UK.

O que aconteceu depois dessa conversa foi inacreditável: achei tudo o que havia desaparecido, ali mesmo, dentro da bolsa. Comecei a agradecer ao meu duende, inclusive dizendo a ele que não precisava fazer malcriação, que podia ter ficado com os outros bagulhos, bastava ter devolvido a chave. Foi então que eu vi, no fundo da bolsa, um furo. Caí na real. Era lá onde ia parar tudo que fosse pequeno o suficiente para passar por aquele rasguinho.

Tô chateada. Meu duende inglês foi embora. Queria que ele continuasse morando no fundo rasgado da minha bolsa.

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: